sábado, 3 de março de 2012

Olho para elas, no meio das nossas brincadeiras, e sinto-me inundar por um sentimento avassalador. É algo tão imenso, tão quente, tão arrebatador. 

Sem comentários:

Publicar um comentário